Buscar

Pesquisa aponta alto desperdício de tempo em operações logísticas no estado de São Paulo

De acordo com a pesquisa realizada pelo Instituto Paulista do Transporte de Cargas (IPTC), levando em conta o Índice de Eficiência no Recebimento (IER), o tempo médio de descarregamento de cargas em Centros de Distribuição, supermercados, atacadistas e home centers é de mais de duas horas.

A pesquisa tem como principal objetivo avaliar o tempo de operação, condições de infraestrutura em relação às necessidades do transportador, além de sugerir e indicar formas de melhorar os recebimentos das cargas no Estado de São Paulo.


Ao analisar o resultado das pesquisas, o IPTC constatou que o custo da hora parada do caminhão impacta principalmente a produtividade do transportador, são diversos fatores que, se somados, implicam em muito tempo perdido na operação. Isso quer dizer que quanto maior for esse tempo perdido, menos entregas poderão ser escaladas em uma mesma rota e menos clientes a empresa conseguirá atender.


Um dos fatores que pode ajudar a diminuir o tempo de um caminhão parado é a agilidade no processo de conferência e lacração da carga. Os lacres de segurança estão em constante evolução, e hoje alguns possuem tecnologia suficiente para agilizar a burocracia e acelerar a conferência da carga.


Um exemplo prático é o Lacre Cadeado Blindado com a tecnologia RFID da Seal Lacres, através de uma comunicação direta via radiofrequência esse lacre é capaz de armazenar informações dentro de sua etiqueta eletrônica, além de ser extremamente seguro e ágil em todo o processo de gravação e leitura dos dados, sendo possível fazer a conferência em poucos segundos de mais de um caminhão por vez e a uma distância de até 14 metros.


A Seal Lacres trabalha desde 2003 com foco total no sucesso da operação do cliente, analisando de forma minuciosa todas as necessidades do processo e apresentando soluções de alto valor percebido pelos clientes.

18 visualizações