Buscar

Brasil registra alta no tráfego rodoviário entre as fronteiras no 1º semestre

O primeiro semestre de 2021 registrou um grande aumento no fluxo rodoviário entre as fronteiras do país, a alta é reflexo da recuperação das atividades nas fronteiras que ligam o Brasil aos demais países do Cone Sul.

Os números, que foram divulgados na última semana pela Multilog, mostram que todas as grandes fronteiras do país registraram aumentos consideráveis em relação ao mesmo período do ano passado. O relatório divulgado pela empresa informa que em Foz do Iguaçu, o aumento foi de quase 100 mil veículos, o que representa quase 42% a mais do que foi alcançado em 2020, o relatório também traz informações de crescimento nos portos secos de Jaguarão, Santana do Livramento e Uruguaiana que somam aproximadamente 36%.


As razões para esse aumento são as exportações para o Paraguai que estão em alta, em especial, cimento, para atender a uma série de grandes obras naquele país. Além disso a exportação de peças para o setor industrial e a grande produção agropecuária no Uruguai, além da exportação de carros e produtos como bobinas de aço e vinhos, oriundos do Chile, também alavancaram esses números.


Apesar de ter outros fatores que podem impactar o tráfego nas fronteiras, como a alta do dólar, a previsão para o próximo semestre é bastante otimista, a falta de chuvas e a retomada econômica são fatores que podem alavancar ainda mais o crescimento do fluxo rodoviário nas fronteiras.


A Seal Lacres trabalha há 18 anos levando soluções inteligentes em Lacres de Segurança para o setor logístico brasileiro, desde 2019 possui a certificação ISO9001 de qualidade, o que garante a alta confiabilidade dos produtos e processos internos.


Conte sempre com a Seal Lacres!

18 visualizações